Estudos de Ressentimento e Corrupção da Academia: Como Publicamos um Capítulo de Hitler numa Revista Feminista e Outros Artigos Fraudulentos

Embora esperemos que este ensaio, que é a descrição mais detalhista dos nossos esforços, seja acessível para todos, ele foi escrito para os que já têm alguma familiaridade com os problemas do trabalho acadêmico motivado por ideologia, por ceticismo radical e por construtivismo cultural. Parte I: Introdução Alguma coisa deu errado na universidade — especialmente […]

Leia mais

A política identitária não é uma continuação dos movimentos por direitos civis

É quase indisputável que o Movimento dos Direitos Civis,(1)N. do T.: “Movimento de Direitos Civis” se refere aqui, quando em iniciais maiúsculas, ao movimento pela justiça racial nos Estados Unidos, com representantes como Martin Luther King Jr. o feminismo liberal de segunda onda e o Orgulho Gay foram projetos liberais, tanto no amplo sentido filosófico […]

Leia mais

Os Dois Pinkers: Resenha de “O Novo Iluminismo” de Steven Pinker

Dou parte do crédito a Steven Pinker por eu ter percebido, por volta da metade do meu tempo de universidade, que eu não era esquerdista. Suspeitando da afirmação de que as facetas mais importantes da vida humana — gênero, linguagem, família, ciência, moralidade — eram “construções sociais”, uma asserção popular nos cursos de humanidades sem […]

Leia mais

F*da-se Foucault: Como a História Homossexual do Século XVIII valida o Modelo Essencialista

Por Rictor Norton*(1)Versão expandida de uma apresentação feita em 27 de maio de 2010 como parte do Seminário Mellon Sawyer da UCLA, “Homossexualidades, da Antiguidade ao Presente”. Outros formatos para ler este artigo:   Nota do Editor: Este artigo não é recomendado para menores de 16 anos. Contém descrições de sexo e violência de interesse […]

Leia mais

Ouvindo o Outro Lado

Por Jason Brennan* Ouvindo o Outro Lado,(1)Tradução livre. de Diana Mutz, é um dos meus livros favoritos sobre o comportamento político e está entre os livros mais influentes sobre o meu próprio desenvolvimento intelectual. É de fácil leitura, curto, e tem uma taxa muito alta de lampejos por página. É uma das obras que me […]

Leia mais

Camille Paglia responde à Revista Época sobre peça difamatória contra Jordan Peterson

De Paglia, declaração à Época (23/03/2018): Sobre as suas perguntas específicas: eu penso que é completamente absurdo chamar Jordan Peterson de “conservador” ou “direitista”. Esse disparate é pura propaganda usada como uma arma por ideólogos inescrupulosos para tentar destruir pensadores independentes ou dissidentes que não seguem a “linha partidária”. Peterson é um analista CULTURAL profundamente […]

Leia mais

A verdadeira guerra à ciência

por John Tierney, colunista de ciência do New York Times* Meus amigos de esquerda(1)N. do T.: Nos EUA usa-se o termo “liberal” como sinônimo de esquerdista. Quem é no Brasil chamado de “liberal” está mais próximo de quem é chamado de “libertário” por lá. às vezes me perguntam por que não dedico mais do meu […]

Leia mais

Socialismo: obcecado por raças

por Marian L. Tupy* Falando ao jornal Los Angeles Times em agosto passado, a co-fundadora do movimento Black Lives Matter [Vidas Negras são Importantes], Patrisse Cullors, afirmou que o BLM não se sentaria à mesa com o presidente Trump porque ele “é literalmente a epítome do mal, todos os males deste país – seja racismo, capitalismo, sexismo, homofobia”. À parte […]

Leia mais

Che Guevara: racista, homofóbico e assassino em massa

por Guillermina Sutter Schneider, em Huff Post, 9 de outubro de 2017. Hoje, 50 anos após a sua morte, muitas pessoas ainda lembram Ernesto “Che” Guevara como um guerreiro da justiça social. Para muitas celebridades, políticos e ativistas, Che Guevara é um tipo de bom samaritano que lutou contra a opressão e a tirania. É […]

Leia mais

Comunismo aos 100 anos: cartas pouco conhecidas de Lênin

por Neven Sesardić* Recordemos nesta ocasião três episódios poucos conhecidos do começo do comunismo soviético que nos dizem algo importante sobre a “Revolução de Outubro” e o seu líder, Lênin. (1) Carta de Lênin a Molotov (março de 1922) “É precisamente agora, e só agora, quando nas regiões em que passam fome as pessoas estão […]

Leia mais