Estudos de Ressentimento e Corrupção da Academia: Como Publicamos um Capítulo de Hitler numa Revista Feminista e Outros Artigos Fraudulentos

Embora esperemos que este ensaio, que é a descrição mais detalhista dos nossos esforços, seja acessível para todos, ele foi escrito para os que já têm alguma familiaridade com os problemas do trabalho acadêmico motivado por ideologia, por ceticismo radical e por construtivismo cultural. Parte I: Introdução Alguma coisa deu errado na universidade — especialmente […]

Leia mais

A política identitária não é uma continuação dos movimentos por direitos civis

É quase indisputável que o Movimento dos Direitos Civis,(1)N. do T.: “Movimento de Direitos Civis” se refere aqui, quando em iniciais maiúsculas, ao movimento pela justiça racial nos Estados Unidos, com representantes como Martin Luther King Jr. o feminismo liberal de segunda onda e o Orgulho Gay foram projetos liberais, tanto no amplo sentido filosófico […]

Leia mais

F*da-se Foucault: Como a História Homossexual do Século XVIII valida o Modelo Essencialista

Por Rictor Norton*(1)Versão expandida de uma apresentação feita em 27 de maio de 2010 como parte do Seminário Mellon Sawyer da UCLA, “Homossexualidades, da Antiguidade ao Presente”. Outros formatos para ler este artigo:   Nota do Editor: Este artigo não é recomendado para menores de 16 anos. Contém descrições de sexo e violência de interesse […]

Leia mais

Como a genética está mudando o que entendemos por “raça”

Por David Reich* Em 1942, o antropólogo Ashley Montagu publicou “O Mito Mais Perigoso do Homem: A Falácia da Raça”, um livro influente que defendia que a raça é um conceito social sem nenhuma base genética. Um exemplo clássico, frequentemente citado, é a definição inconsistente de “negro”. Nos Estados Unidos, historicamente, uma pessoa é “negra” […]

Leia mais

Camille Paglia responde à Revista Época sobre peça difamatória contra Jordan Peterson

De Paglia, declaração à Época (23/03/2018): Sobre as suas perguntas específicas: eu penso que é completamente absurdo chamar Jordan Peterson de “conservador” ou “direitista”. Esse disparate é pura propaganda usada como uma arma por ideólogos inescrupulosos para tentar destruir pensadores independentes ou dissidentes que não seguem a “linha partidária”. Peterson é um analista CULTURAL profundamente […]

Leia mais

Estereótipos são precisos: um dos maiores e mais replicados resultados da psicologia social

Perspectivas psicológicas costumavam definir estereótipos como imprecisos, descrevendo-os como rígidos<fn>Lippmann, W. (1922/1991).  Public opinion.  New Brunswick, NJ: Transaction Publishers.</fn>, como racionalizações do preconceito<fn>Jost, J. T., & Banaji, M. R. (1994).  The role of stereotyping in system‑justification and the production of false consciousness.  British Journal of Social Psychology, 33, 1‑27.</fn><fn>LaPiere, R. T. (1936).  Type-rationalizations of group […]

Leia mais

Obras de macacos enganam críticos de arte moderna

Em fevereiro de 1964, quatro pinturas de um artista francês de vanguarda antes desconhecido, chamado Pierre Brassau, foram exibidas num evento de arte em Gotemburgo, Suécia. Havia também no evento trabalhos de artistas da Inglaterra, Dinamarca, Áustria, Itália e Suécia, mas foram os trabalhos do artista francês que atraíram as atenções. Críticos de arte, jornalistas […]

Leia mais

Universidades devem escolher um objetivo: a verdade, ou a justiça social

Aristóteles por vezes valorou uma coisa com respeito a seu “telos” – seu propósito, fim ou objetivo. O telos de uma faca é cortar. O telos de um médico é a saúde ou a cura. Qual é o telos da universidade? A resposta mais óbvia é “a verdade” – a palavra aparece em muitos escudos de universidades. Mas, crescentemente, muitas das universidades […]

Leia mais