Estereótipos são precisos: um dos maiores e mais replicados resultados da psicologia social

Perspectivas psicológicas costumavam definir estereótipos como imprecisos, descrevendo-os como rígidos(1)Lippmann, W. (1922/1991).  Public opinion.  New Brunswick, NJ: Transaction Publishers., como racionalizações do preconceito(2)Jost, J. T., & Banaji, M. R. (1994).  The role of stereotyping in system‑justification and the production of false consciousness.  British Journal of Social Psychology, 33, 1‑27.<fn>LaPiere, R. T. (1936).  Type-rationalizations of group… Continue lendo Estereótipos são precisos: um dos maiores e mais replicados resultados da psicologia social

Notas   [ + ]

1. Lippmann, W. (1922/1991).  Public opinion.  New Brunswick, NJ: Transaction Publishers.
2. Jost, J. T., & Banaji, M. R. (1994).  The role of stereotyping in system‑justification and the production of false consciousness.  British Journal of Social Psychology, 33, 1‑27.

Obras de macacos enganam críticos de arte moderna

Em fevereiro de 1964, quatro pinturas de um artista francês de vanguarda antes desconhecido, chamado Pierre Brassau, foram exibidas num evento de arte em Gotemburgo, Suécia. Havia também no evento trabalhos de artistas da Inglaterra, Dinamarca, Áustria, Itália e Suécia, mas foram os trabalhos do artista francês que atraíram as atenções. Críticos de arte, jornalistas… Continue lendo Obras de macacos enganam críticos de arte moderna

Universidades devem escolher um objetivo: a verdade, ou a justiça social

Aristóteles por vezes valorou uma coisa com respeito a seu "telos" – seu propósito, fim ou objetivo. O telos de uma faca é cortar. O telos de um médico é a saúde ou a cura. Qual é o telos da universidade? A resposta mais óbvia é "a verdade" – a palavra aparece em muitos escudos de universidades. Mas, crescentemente, muitas das universidades… Continue lendo Universidades devem escolher um objetivo: a verdade, ou a justiça social