Os Dois Pinkers: Resenha de “O Novo Iluminismo” de Steven Pinker

Dou parte do crédito a Steven Pinker por eu ter percebido, por volta da metade do meu tempo de universidade, que eu não era esquerdista. Suspeitando da afirmação de que as facetas mais importantes da vida humana — gênero, linguagem, família, ciência, moralidade — eram “construções sociais”, uma asserção popular nos cursos de humanidades sem […]

Leia mais