A “narrativa vitimista” ensinada nas escolas estimula ansiedade em mulheres jovens, alega acadêmica

A “narrativa vitimista” que ora se ensina nas escolas e universidades está estimulando a ansiedade em mulheres jovens, segundo defende uma acadêmica em seu novo livro. Doutrinas como o “sexismo de cada dia” e “cultura do estupro” têm efeito “debilitante” sobre a confiança das meninas, de acordo com a Dr.ª Joanna Williams, lente em educação… Continue lendo A “narrativa vitimista” ensinada nas escolas estimula ansiedade em mulheres jovens, alega acadêmica

Por que não me identifico mais como feminista

Não me lembro de não ter sido feminista. Eu engatinhei em marchas dos anos 1970 com minha mãe. Ela se tornou uma feminista de segunda onda nos anos 1960, depois que negaram a ela uma hipoteca sem um fiador homem, e depois que seu patrão disse que ela não podia estudar para provas de contabilidade… Continue lendo Por que não me identifico mais como feminista

A Professora da Paródia – A Moda do Derrotismo em Judith Butler

por Martha Nussbaum*, em The New Republic Online, 28 de novembro de 2000. I. Por muito tempo, o feminismo acadêmico nos EUA tem sido intimamente aliado à luta prática para atingir justiça e equidade para mulheres. A teoria feminista tem sido entendida por teóricas não apenas como palavras bonitas no papel; a teoria é conectada a… Continue lendo A Professora da Paródia – A Moda do Derrotismo em Judith Butler

‘Neurossexismo’: homens não são de Marte, mulheres não são de Vênus e Cordelia Fine não faz jus à neurociência

Resenha crítica de "Homens não são de Marte, Mulheres não são de Vênus: Como a nossa mente, a sociedade e o neurossexismo criam a diferença entre os sexos", de Cordelia Fine (Cultrix, 2012). Por Simon Baron-Cohen*, em The Psychologist O novo livro de Cordelia Fine é um novo ataque ousado à ideia de que há quaisquer… Continue lendo ‘Neurossexismo’: homens não são de Marte, mulheres não são de Vênus e Cordelia Fine não faz jus à neurociência